Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Agende sua consulta

(16) 3621-8584

(16) 98805-8584

Mini-Abdominoplastia

É a plástica de abdome em que retiramos o excesso de pele abaixo do umbigo sem deixar cicatrizes nele. Possui uma recuperação mais tranquila que a Abdominoplastia.

Qual o abdome que se beneficia da Mini-abdominoplastia?

Apenas os abdomes com flacidez e excesso de pele abaixo do umbigo mas SEM FLACIDEZ acima dele. Pacientes com excesso de pele e flacidez acima do umbigo não se beneficiam desse tipo de cirurgia.

Como é a cicatriz da Mini-abdominoplastia?

A cicatriz fica semelhante à uma cesárea que se estende para os lados. O tamanho da cicatriz é menor que na Abdominoplastia.

Existem riscos na cirurgia?

Sim, há riscos de infeção, necrose, seroma, hematoma, tromboembolismo, reação aos medicamentos, sangramento, etc. Mas os riscos são minimizados com a avaliação pré operatória adequada, correção de problemas de saúde identificados antes da cirurgia e medidas de prevenção de trombose.

Qual o tipo de anestesia para Mini-abdominoplastia?

Anestesia geral ou peridural alta. A opção será feita junto ao médico anestesista na consulta pré anestésica.

Quanto tempo dura a cirurgia?

Cerca de 2h30. No caso de associar com lipoaspiração, a duração passa para 3-5 horas.

É necessário usar drenos na Mini-abdominoplastia?

Raramente. Normalmente realizamos uma técnica de fechamento interno (pontos de adesão) e só deixamos drenos se durante a cirurgia o(a) paciente apresentar mais sangramento que a média.

Qual o tempo de internação para Mini-abdominoplastia?

1 dia.

Dói muito?

A dor pós-operatória na mini-abdominoplastia não consuma ser muito intensa. É maior quando associamos lipoaspiração. De qualquer forma serão necessários analgésicos no pós-operatório.

É preciso usar malha elástica após a Mini-abdominoplastia?

Sim! Por pelo menos 1 mês.

É preciso fazer drenagens linfáticas após a Mini-abdominoplastia?

Sim! A cirurgia lentifica muita a drenagem linfática natural, especialmente quando associada com lipoaspiração, e até que haja uma recuperação dessa drenagem natural, o(a) paciente fica com edema (inchaço) importante é prolongado.

Por isso a drenagem linfática com fisioterapeuta nessa fase é essencial.

Pode ocorrer fibrose no pós-operatório?

Sim! Todo processo de cicatrização envolve a formação de tecido fibrótico, tanto externamente na pele quanto nos tecidos internos como a gordura. A quantidade e tipo de evolução da fibrose dependem do tipo de cirurgia realizada, cuidados pós operatórios e tendência pessoal de cada paciente.

Em quanto tempo é possível voltar às atividades físicas?

Após 2 semanas já pode fazer caminhada leve e dirigir. Exercícios leves são liberados após 1 mês. Mas exercícios abdominais e atividades intensas (como corrida e Crossfit) apenas após 2 meses.

Quando é possível ver o resultado final?

O formato corporal estará estável em 6-12 meses da cirurgia.

Em quanto tempo a cicatriz clareia?

Nas primeiras semanas a cicatriz fica bem discreta, evoluindo naturalmente para uma fase de amadurecimento que dura até 12-18 meses. Nessa fase a cicatriz fica um pouco mais espessa, passando pelo aspecto avermelhado e depois amarronzado, para depois clarear definitivamente. Nessa fase é comum sentir coceira e incômodos nas cicatrizes.

Há pacientes que possuem tendência à formação de cicatrizes hipertróficas e quelóides. Nesses casos são necessários tratamentos específicos para controle das cicatrizes.

Compartilhe: